Próximos eventos da ESL terão testes anti-drogas

A Electronic Sports League anunciou quais são as medidas que implementará no futuro para evitar que nos seus eventos haja jogadores sob o efeito de drogas que melhoram o desempenho.

As medidas são uma resposta direta às declarações de um jogador profissional durante uma entrevista, afirmando casualmente que tanto ele como a sua equipa tinham tomando Adderall, um comprimido que aumenta a cognição.

Próximos eventos da ESL terão testes anti-drogas 01

A resposta do organizador dos maiores eventos de eSports da Europa foi juntar-se à NADA (Nationale Anti Doping Agentur), localizada na Alemanha, e à WADA (World Anti Doping Agency), cuja sede é em Montreal no Canadá, para “procurar e determinar uma política anti-PEDs (Performance Enhancing Drugs) que seja justa, alcançável e respeite a privacidade dos jogadores enquanto simultâneamente dá testes com resultados conclusivos.”

O primeiro passo é criar um programa de prevenção das PEDs, que será distribuído a todos os jogadores a participar nos torneios da ESL. O programa será uma ajuda para ajudar os jogadores profissionais a “lidar com a pressão física e emocional” que existe nos jogos competitivos.

Próximos eventos da ESL terão testes anti-drogas 02

Nos próximos torneios, já no ESL One que decorrerá em Colónia em agosto, a ESL também vai administrar testes aleatórios à pele para detectar o uso de PEDs. Estes testes serão realizados nos eventos Intel Extreme Masters, ESL One e ESL ESEA Pro League.

A ESL vai agora contactar todos os jogadores e equipas para informá-los das alterações às regras dos torneios.

Sobre Eduardo Santana

Apenas um eterno curioso e pesquisador. Autodidata e perfeccionista por natureza, desenhista e ilusionista nas horas vagas. Nasci no Rio de janeiro, resolvi postar o Pescadordebits no ar afim de compartilhar conhecimento inicialmente, porém, com o passar do tempo, vem se tornando algo bem maior, o que sinceramente não esperava, e acho ótimo isso.