MGS V vai pôr em causa a imagem dos EUA como o centro do mundo

A série Metal Gear Solid abordou sempre temas politico-militares que de uma forma ou de outra têm um fiel reflexo da realidade. E isso não irá mudar em The Phantom Pain, onde o próprio Hideo Kojima reconheceu que irá por em causa a imagem dos Estados Unidos como o centro do mundo.

Numa entrevista com o The Guardian, Kojima destacou que, “No passado os Estados Unidos foi o centro do mundo, onde tudo acontecia. Penso que as minhas histórias tentaram sempre questionar e criticar isso. Mas a situação mudou. A América já não é o centro do mundo. Por isso que o foco das minhas histórias está a mudar ao ritmo das mudanças que acontecem no mundo real.”

Além disso Kojima não se poupou a criticas em relação à indústria do cinema de Hollywood, que segundo ele “continua a apresentar o exército norte-americano como os bons rapazes, os que sempre derrotam os alienígenas ou os estrangeiros. Estou a tentar mudar isso. Porque esses filmes não podem ser a única forma de ver estes conflitos. Estou a tentar apresentar uma visão alternativa disso nos meus videojogos.”

MGS V vai pôr em causa a imagem 01

Algo que pudemos ver em Ground Zeroes, onde de uma forma muito sua Kojima mostra-nos os horrores de uma prisão como a de Guantanamo. “Esta foi uma decisão que tomei ao abordar o desenvolvimento do jogo.”

O que tem vindo a marcar a série Metal Gear Solid é a sua mensagem anti-armas nucleares, que ao que tudo indica estará também presente em The Phantom Pain. Mas de uma forma que ninguém esperaria. Não é em vão, explicou Kojima, quando as grandes nações do mundo se apercebem da ameaça representada pelo tamanho da base de operações criada por Snake e seus aliados, começarão as hostilidades.

“A partir dessa altura”, comentou Kojima, “Ofereço ao jogador a opção de pensar em adquirir uma arma nuclear com a finalidade de dissuadir os ataques dos outros, como uma espécie de ameaça. Isso ilustra o ciclo seguido pelo desenvolvimento das armas nucleares, que inspira as pessoas e as nações a entrar nesse sistema. É algo que só podes fazer verdadeiramente num videojogo.”

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain vai ser lançado algures no início do próximo ano, segundo os últimos rumores seria a meio do mês de março de 2015, no entanto a Konami ainda não anunciou nada oficialmente.

Fonte: eurogamer

Sobre Eduardo Santana

Apenas um eterno curioso e pesquisador. Autodidata e perfeccionista por natureza, desenhista e ilusionista nas horas vagas. Nasci no Rio de janeiro, resolvi postar o Pescadordebits no ar afim de compartilhar conhecimento inicialmente, porém, com o passar do tempo, vem se tornando algo bem maior, o que sinceramente não esperava, e acho ótimo isso.